Wal Dutra: “o Bar do Coreto me abriu muitas portas”

O jovem paraibano Wal Dutra, de 25 anos, é natural da zona rural de São José de Brejo do Cruz.

“Sempre fui muito tímido, menino de sítio, mas comecei cantando nos eventos da escola com uns 12 anos de idade”, conta.

Na verdade, Wal é a abreviatura de seu nome: Francisco Waldiney Dutra de Araújo. “Coloquei Wal porque ficava mais fácil das pessoas decorarem meu nome”, revelou.

Técnico em enfermagem, veio para Caicó estudar em 2013 e, desde então, mostrou inclinação para música.

Seus patrões são Carlos José e Carla Patrícia do Magazine São Francisco: “ela sempre pedia pra eu dar uma palhinha nas confraternizações da loja e outras festas que estávamos. Comecei com incentivo dos amigos e, principalmente, dela”, diz Wal.

Wal Dutra está na programação do Bar do Coreto durante a Festa de Santana em Caicó, que inicia no próximo dia 18: “o Bar do Coreto me abriu muitas portas. Sou muito grato”, informando que está em fase de produção do seu cd.

Finaliza dizendo: “Caicó me abraçou e abriu as portas. Amo essa cidade!”, declara-se.