Sevi, Dinobergh e Dedé: três heróis que morreram para salvar suas famílias da famigerada violência em Caicó

O que está acontecendo com a paz do nosso Seridó?

De nossa querida Caicó?

Relembrem comigo:

Segunda-feira, 12 de dezembro de 2016, Severino Firmino de Araújo Filho, Sevi Veiculos, flagrou assaltantes dentro de sua casa mantendo sua família refém e levou um tiro fatal de um deles.

(………1 ano e 8 meses depois…..)

Segunda-feira, 13 de agosto de 2018: Dinobergh Almeida se jogou na frente da mãe para protege-la de um assaltante e foi morto.

(………8 meses depois……..)

Sábado, 20 de abril de 2019: José de Medeiros Fernandes, de 74 anos, conhecido como Dedé ( pelos familiares ) e Zezé ( pelos amigos ) estava com sua esposa e um dos seus quatro filhos quando foi surpreendido por bandidos invadindo sua casa a golpes de machado nas portas para adentrar.

Tudo isso aconteceu em Caicó num espaço de tempo de menos de três anos…tragédias que arrancaram pais de família, filhos amados, homens de bem, de suas família e que a sociedade de Caicó e do Seridó se enlutou.

O governo do Rio Grande do Norte precisa dar uma resposta e combater a violência em nosso estado, região, cidades…não podemos esperar que outro crime tire de nós o que temos de mais valioso: nossos entes queridos!

Acho que um plano de ação precisa ser traçado e que o governo do estado e as forças de segurança precisam estar presentes aqui para mostrar o que pretende fazer para nos dar SEGURANÇA.