Seridó Cine divulga vencedores do festival

Festival Audiovisual que integra 10 anos da Referência Comunicação distribuiu R$ 7.500,00 em premiações. Foram anunciados neste sábado, 13/02, os vencedores do Seridó Cine, festival audiovisual tem teve como recorte a produção nordestina contemporânea. O evento foi realizado em ambiente online, com plataforma de streaming que exibiu 55 produções audiovisuais, divididas em seis mostras. A curadoria do festival ficou a cargo da jornalista e cineclubista, Priscila Urpia.

Além das mostras audiovisuais, o Seridó Cine realizou oficinas com os facilitadores Sihan Felix e Gustavo Guedes que resultaram na realização dos seguintes curtas que integraram a Mostra Primeiros Passos: Sertões do Seridó, de Ariane Pereira; Cinema Rio Branco: Foi um Filme que Passou em Minha Vida, de Erivan Faria; Um Ensaio do Futuro, de João Pedro Vieira; Zero Absoluto, de Alamberg Smytth; e Seridó Divulgando o Sertão, de Manoel Dantas.

Segundo Raildon Lucena, diretor do Seridó Cine, a Mostra Primeiros Passos estimulou os seridoenses a produzirem curtas-metragens, contando com filmes de Caicó, Serra Negra do Norte e Parelhas.

“O seridoense está tomando gosto pelo audiovisual através de iniciativas como o Seridó Cine e o Curta Caicó. Acreditamos que, em breve, a nossa região será referência no audiovisual”, destacou Raildon.

No geral, o Seridó Cine premiou os vencedores do Júri Oficial, Menção Honrosa, Júri Popular e aos realizadores da Mostra Primeiros Passos a quantia total de R$ 7.500,00 em prêmios. “É uma forma de valorizar os realizadores audiovisuais e contribuir com a cadeia da economia criativa”, destacou Diego Vale, produtor executivo do Seridó Cine.

O júri da Mostra RN Ficção for formado por João Victor Wanderley, Marcela Freire e Thales Azevedo. O júri da Mostra RN Doc foi formado por Nelson Marques e Clóvis Aladim Monteiro. A Mostra Clip teve como jurados Laisa Trojaike, Igor Gomes e Clayton Marinho. A Mostra Curta Arretada teve como jurados Gianfranco Marchi, Vander Colombo e Luiz Carlos Machado. E a Mostra Arretada (médias e longas) foi formado por Tatiana Lima, Jonathan DeAssis e Lourival Andrade. A organização e coordenação dos júris ficou por conta de Tatiana Lima.

O Seridó Cine integra a programação do aniversário de 10 anos da Referência Comunicação, agência de publicidade e produção cultural, sediada em Caicó (RN), e idealizada por Diego Vale e Raildon Lucena.

A realização do Seridó Cine é da Referência Comunicação, com recursos da Lei Aldir Blanc do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

VENCEDORES DO SERIDÓ CINE
MOSTRA RN FICÇÃO

Melhor Filme: Vai Melhorar, de Pedro Fiúza, Natal (RN)
Menção honrosa: Mais um João, de Athos Muniz, Natal (RN)
Júri Popular: Sicários, Entre Bornais e Patentes, de Gabriel Santos e Danúbio Santos, Jardim do Seridó (RN)

MOSTRA RN DOC

Melhor Filme: Codinome Breno, de Manoel Batista, Natal (RN)
Menção honrosa: O Photógrafo Zézelino, de Damião Paz, Henrique José e Meysa Medeiros, Natal (RN)
Júri Popular: Cadeira na Área, de Mara Macedo, Caicó (RN)

MOSTRA CLIP

Melhor Filme: Chato (Marco Gabriel), de Jessica Lauane, São Luiz (MA)
Menção honrosa: Camisa 9 (Diniz K9), de Thales Victor, Natal (RN)
Júri Popular: Antúrio Branco (Sargaço Nightclub), de Pablo Reis, Recife (PE)

MOSTRA CURTA ARRETADA

Melhor Filme: A Barca, de Nilton Resende, Maceió (AL)
Menção honrosa: Trincheira, de Paulo Silver, Maceió (AL)
Júri Popular: Memórias de Quando Metemos o Pé na Estrada, de Weslley Oliveira, Teresina (PI)

MOSTRA ARRETADA

Melhor Filme: Sapato 36, de Petrônio Lorena, Recife (PE)
Menção honrosa: Cavalo, de Raphael Barbosa e Werner Salles, Maceió (AL)
Júri Popular: A História de Parelhas, de Alex Macedo, Parelhas (RN)

Fonte: @seridocine