Sem carnaval, Troça Ô Insônia cria formas de movimentar foliões em rede social

Em São João do Sabugi, RN, desde 2000, o professor e produtor de eventos culturais, João Quintino de Medeiros Filho, leva as ruas a troça Ô Insônia, que sai em cortejo pelas ruas, na noite do domingo de carnaval, com Rei e Rainha, acompanhados de foliões que usam fantasias, conforme o tema previamente divulgado em rede social.

Cada um se responsabiliza pela própria fantasia, e além da fantasia, dos reis e do frevo e marchinhas, é tradicional a bebida “calcinha de náilon”, uma espécie de coquetel, que é servido gratuitamente aos brincantes.

Em 2021, com a impossibilidade de haver o evento, João Quintino resolveu animar os foliões com cortejo virtual, convidando os foliões para postarem fotografias na rede social, e criou um mistério em torno do Rei e Rainha, de forma que no facebook foi divulgado imagem do casal fantasiado, mascarado, e não identificado, de forma que os foliões buscam a todo custo, descobrir quem são os jovens deste reinado momesco.

“Já que não há Carnaval presencial, pelo menos fazemos uma folia à distância. É uma maneira de deixar a troça em evidência durante estes dias. Como a troça Ô Insônia sai no domingo, pensei em fazer o Cortejo Virtual nesse dia, com a postagem de fotografias, e criar o segredo do Rei e da Rainha mascarados. Então, convoquei os insones para postarem fotos dos velhos carnavais ou fazerem fotos em casa. Pensei no mistério do Zé Pereira e como não queria usar a cabeça de papel machê, optei pela máscara, tão necessária nesses últimos tempos” explica o prof João Quintino.

Além do cortejo virtual e mistérios sobre os reis, o idealizador da troça irá presentear alguns dos foliões mais presentes nestes 21 anos: no domingo 21 vidrinhos de “calcinha de náilon” serão enviados para brincantes, em alusão aos 21 anos da troça.

“É uma maneira de alegrar a vida, para sairmos um pouco desse clima de tensão e medo. O carnaval que podemos fazer é esse. Me inspirei num movimento de blocos e escolas de samba do Rio de Janeiro, “Carnaval em Casa!”, diz João Quintino.

O casal permanece sendo alvo de curiosidade dos internautas, com muitas sugestões tentando identificar quem são os jovens sabugienses da corte momesma. Somente no domingo de carnaval, terá a revelação. O casal tem produção estética de Badeh Garcia, Saia de Rosa Maria, Máscara de Fátima Homero, Figurino do acervo de João Quintino e violão de Aldo Paiva.

Foto: Anchieta França