”Primeiro decreto que vamos publicar sobre Covid-19 é para não deixar que Caicó seja um retrato de Manaus”, diz Dr Tadeu em coletiva à imprensa

O prefeito de Caicó, Dr. Tadeu, reuniu a imprensa na tarde desta sexta-feira (15), para anunciar medidas de contenção de despesas e para evitar o aumento de casos de Covid-19 na cidade.

 

Em relação à pandemia do novo coronavírus, o gestor foi informado pela Sesap RN que o município está se tornando o epicentro de contaminação da Covid-19 no Rio Grande do Norte.

 

“Recebemos a informação da secretária adjunta da Sesap, Maura Sobreira, que Caicó está se tornando o epicentro de contaminação do Covid no estado. Então, a partir da próxima segunda-feira, vai ser realizado um trabalho articulado entre a Prefeitura, a Vigilância Sanitária e a Polícia Militar. As forças policiais dão apoio nos municípios dentro das ações do Pacto Pela Vida. A gente quer evitar que Caicó seja o retrato de Manaus”, disse.

 

Outra orientação que vai constar no Decreto que será divulgado na segunda-feira (18), é direcionada à população para que evite aglomerações e os donos de estabelecimentos comerciais voltem a usar medidas para evitar contaminação.

 

“É preciso orientar as pessoas a não se aglomerarem, a retornarem a usar máscaras, álcool em gel, lavagem de mãos e pedir aos comerciantes, feirantes, donos de estabelecimentos como bares, restaurantes, que orientem seus clientes a não aglomerar”, orienta.

 

O decreto não vai fechar bares, mas vai suspender, temporariamente, eventos ao vivo que aglomerem nesses locais

 

Dr. Tadeu disse ainda que o decreto em vigor, assinado pela antiga gestão, “recomenda” a não realização de eventos de aglomeração: “o novo documento que vamos assinar, suspende, principalmente, os eventos que tenham música ao vivo e pede que as pessoas que estão nos bares, mantenham distanciamento”, afirmou. O prefeito também assinalou que os supermercados e outros estabelecimentos comerciais, devem voltar a fazer o controle de fluxo de pessoas na entrada. Sobre as pessoas que viajaram e estão nas praias, o prefeito afirmou que elas devem ter a mesma preocupação das que estão em Caicó: “manter o distanciamento social, usar máscara, álcool, água e sabão”.