Na vacinação de idosos a partir dos 60 anos, enfermeira vacina sua mãe, em Natal

Os idosos a partir de 60 anos começaram a se vacinar contra a Covid-19 em Natal nesta quinta-feira (29). A procura nos pontos de vacinação no sistema de drive-thru e nas salas de 35 UBS nesta manhã foi razoável, mas não houve registro de grandes filas ou aglomerações. O imunizante que está sendo administrado é o da Oxford/Astrazeneca/FioCruz.

Além de iniciar o público-alvo com 60 anos, as pessoas que estão no período de tomar a segunda dose da vacina Oxford/Astrazeneca/FioCruz também podem procurar os locais de vacinação.

A vacinação ocorre nas 35 Unidades Básicas de Saúde e nos seis drive-thru da capital (Arena das Dunas, no ginásio Nélio Dias, OAB, SESI, Shopping Via Direta, UNP da Av. Engenheiro Roberto Freire), sendo que os cinco últimos contam com salas de pedestres.

Para se vacinar, basta levar o comprovante de residência de Natal, documento com foto e cartão de vacina. Os drivers ficam abertos até às 16h, sem intervalo para almoço. Já as UBS funcionam das 8h às 11h30 e das 13h30 às 15h.

Na sede da seccional potiguar da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN), além de contar com um ponto de vacinação de drive-thru, existe uma sala de vacinação para pedestres.

Nesta quinta-feira, o espaço foi tomado por um momento emocionante: trabalhando na vacinação, a enfermeira Telyze Nóbrega teve a oportunidade de vacinar a própria mãe. A senhora Maturineta Morais completou 60 anos na última segunda-feira e estava contando os minutos esperando chegar a hora da vacinação.

“Soube ontem que a Prefeitura ampliou a faixa etária do público-alvo e não tive dúvidas. Mal consegui dormir de tão ansiosa. Esse é um momento inesquecível por poder receber a vacina que nos enche de esperança e por ter a chance de ser vacinada pela minha filha. É uma emoção dupla. Hoje sou só gratidão”, falou, emocionada.

O secretário de saúde de Natal, George Antunes, reforça o pedido para quem estiver dentro do público-alvo e puder se vacinar que procure o ponto de imunização mais próximo de sua casa. “É imprescindível que todos se vacinem. Só a vacinação pode garantir a imunidade contra o coronavírus. Nesse momento, estamos com uma boa quantidade de doses da Oxford/Astrazeneca/FioCruz, que é um excelente imunizante. Os estudos mostram que, entre o 22º e 90º dia após a aplicação da primeira dose, a eficácia da vacina ficou em 76%; mantendo-se o intervalo de três meses de aplicação, a eficácia é de 82,4%. Esses números demonstram a sua força e todos devemos deixar de lado o medo e quem estiver elegível se vacinar o quanto antes”, alertou.

Fonte www.natal.gov.br