Município de Ipueira aprova Lei da obrigatoriedade de atendimento preferencial às pessoas com autismo

No município de Ipueira, RN, foi sancionada pelo prefeito Morgânio Paiva, a Lei Municipal 503/2021 que trata da “obrigatoriedade de atendimento preferencial nos estabelecimentos públicos e privados às pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo – TEA”.

O autor do Projeto de Lei foi o vereador Beto de Joãozinho. O vereador agradeceu aos colegas vereadores pela aprovação do projeto na Câmara de Vereadores e a sanção do Poder Executivo, bem como, destacou mães de autistas, fundamentais na busca pela conquista dos direitos nesta causa.

“Com muita gratidão, agradeço a Deus pela oportunidade de levantar esta bandeira, assim como também agradeço aos colegas parlamentares pela aprovação do Projeto de Lei e ao Poder Executivo pela sanção do mesmo. Agradeço também às mães amorosas e guerreiras, Auriana e Givaneide, que estão conosco nesta causa e deixo um forte abraço aos autistas de todo o mundo e seus familiares, em especial aos ipueirenses” disse Beto de Joãozinho.

Em publicação de vídeo sobre a Lei 503/2021, duas mães de autistas expressaram seus sentimentos sobre buscar conhecer sobre autismo e vencer as dificuldades, sobretudo o preconceito.

“Cada dia que passa conheço mais sobre o autismo, eu estudo, eu pesquiso, não fico só esperando pelo dia da terapia”, diz Givaneide Fernandes, dona de casa e mãe de autista.

A conselheira tutelar Aurineide falou da gratificação pela Lei da prioridade.

“Meu sonho é poder estar todos os dias com ele, de mãos dadas, para enfrentar o preconceito na sociedade. Sobre a Lei que foi aprovada no Município de Ipueira, é bem gratificante porque eles não suportam muito tempo numa fila e as pessoas muitas vezes não entendem. Nós como mães sabemos a dificuldade que a gente encontra quando chega num estabelecimento, para ter uma prioridade”, explica ” Auriana.