Morreu na madrugada do domingo, o diácono Manoel Cassiano

Neste domingo Caicó chegou ao número de 109 mortes em decorrência de Covid-19. Morreu na madrugada deste domingo, 18,  o Diácono Manoel Cassiano de Figueiredo Rocha.

O sepultamento aconteceu no Cemitério Público do Distrito Palma. O cortejo saiu às 9 horas, passando em frente a Capela de São Judas Tadeu, no bairro Samanaú, onde ele residia e atuava como diácono. Pessoas do bairro acenaram de casa, na passagem.

No Distrito Palma o cortejo estacionou em frente a Capela de Santo Antônio, e no patamar da Capela, Dom Antônio fez a celebração. Em seguida, houve o sepultamento.

Também esteve presente uma representação da Banda de Música Recreio Caicoense, que executou Canção do Soldado, Medo da Chuva (Raul Seixas), Valsa da Despedida, Tu És Senhor e A Ti Meu Deus.

O diácono Manoel Cassiano tinha 67 anos de idade,  era servidor civil aposentado do Exército Brasileiro.