Laboratório para jovens roteiristas do RN encerrou sábado, com criação de novos roteiros

Encerrada no último sábado a 1ª edição do LAB RN – Laboratório para Jovens Roteiristas do Rio Grande do Norte. A capacitação foi realizada no período de 22 a 27 de fevereiro, totalmente em ambiente digital.

Durante toda a semana, os selecionados tiveram palestras e orientações de especialistas da área audiovisual, tendo como resultado o desenvolvimento de dez roteiros. O LAB RN contou com representantes dos municípios de Acari, Caicó, Currais Novos, Extremoz, Janduís, Macaíba, Mossoró, Riacho de Santana e Pedro Velho

Os participantes tiveram palestras específicas sobre temas relacionados ao audiovisual com Sandra Luna, diretora de cultura da ADUFPB, que abordou o tema “Lógica e Estrutura Narrativa Clássica”; Marcelo Ikeda, Doutor em Comunicação, com o tema “Rupturas Narrativas: o Papel do Roteiro no Cinema Contemporâneo”; e Dênia Cruz, especialista em Cinema e Mestre em Estudos da Mídia pela UFRN, que falou sobre “Narrativa e Estética de Documentários”.

Após as palestras, os participantes foram divididos em três subgrupos temáticos onde puderam desenvolver melhor os seus argumentos com apoio dos facilitadores e feedback dos outros integrantes de cada grupo.

O resultado final foi apresentado no último sábado (27), tendo como resultado o desenvolvimento dos dez argumentos em roteiros. Ao final da apresentação, os próprios alunos elegeram entre si os três melhores roteiros: 1° “Flora de Lugar Nenhum”, de Adriele Dantas do Nascimento (Extremoz); 2° “Feche os Olhos por um Minuto”, de Ricardo José de Medeiros (Caicó); e 3º “Maria Cangaceira e Ana do Cangaço”, de Cínthia Kaline Vieira da Silva (Caicó).

Também foram desenvolvidos os seguintes roteiros: “Luzimar”, de Bruno Fernandes de Souza (Riacho de Santana); “Seu Zé e Dona Maria do Abreu”, de João Batista da Silva Dantas (Acari); “Vida no Interior”, de José Leite de Medeiros Neto (Mossoró); “Casa pra Morar”, de Guilherme Lincoln Oliveira Lima (Macaíba); “Do Lado de Dentro”, de Hirlary Nakagaiche de Lima Roberto (Pedro Velho); “Castelo dos Sonhos: a Adoção pelo Olhar de Aninha”, de Marcus Vinícius Pereira Júnior (Currais Novos); e “Refúgio Girassol”, de Sávyo Gustavo Fernandes Pereira (Janduís).

O laboratório surgiu com o objetivo de democratizar o acesso à linguagem audiovisual no estado do Rio Grande do Norte, o LAB RN tem como finalidade levar formação e apreciação em cinema com o intuito de capacitar jovens realizadores fora dos grandes centros de produção cinematográfica.

O projeto é inspirado no Jabre, um laboratório de roteiro destinado a jovens da Paraíba que acontece desde 2011 e que tem ajudado a matizar a cena audiovisual do estado a partir de filmes dirigidos por cineastas de cidades interioranas.

O LAB RN é uma realização do projeto Caicó Criativa com produção da Referência Comunicação, contando com recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Fonte Lab RN