Jornalista Rô Medeiros passa por um enxerto na perna e diz: “quase morri, os médicos estavam certos que minha perna seria amputada”

Em contato com o blog nesta tarde de domingo, o jornalista e radialista Rô Medeiros, compartilhou com esta, que é sua amiga de longas datas, sua angústia de ter passado tão perto da morte.

Rô vive um drama desde janeiro deste ano: “em janeiro deste ano, uma super bactéria rara quase destruiu toda a minha perna”, relatou.

Ele disse que os médicos diagnosticaram uma Fasceíte Necrotizante, uma infecção rara e grave, que necrosa grandes extensões da área atingida e é muito rápido.

“Quase morri. Os médicos estavam quase certos de amputar minha perna esquerda”, relata.  

Ele passou quarenta e um dias internado.

Após isso, foi para casa e voltou ao hospital para tratar uma anemia profunda, onde teve que receber bolsas de sangue. Vários amigos e fãs do radialista ajudaram doando sangue.

Ele foi submetido a um enxerto na perna lesionada e aguarda a recuperação internado.

“Se não fossem os médicos e toda a equipe de saúde que cuidou de mim, não estaria aqui. Deus usou eles para me salvar. E a minha esposa Karine Medeiros que até pediu demissão do trabalho pra cuidar de mim”, disse emocionado.