Gravado no sítio Oiticica, de Caicó, filme “Fole” estréia sábado

No próximo sábado, dia 06, às 19h, a Trapiá Cia Teatral apresenta o filme “Fole”. O filme será exibido através da plataforma do YouTube.

Para ter acesso ao link do filme é necessário efetuar sua inscrição no Sympla e o ingresso gratuito é enviado para email cadastrado. O link para inscrição é https://www.sympla.com.br/trapia-filmes-apresenta-fole__1148409

Inspirado no conto homônimo de Wescley J. Gama, o filme “Fole” fala do amor de um pai por seu filho e vice-versa. Os dois, moradores do sertão, tem em comum o amor pela música e pela brincadeira de João Redondo.

No filme, “Seu Luiz Basílio”, interpretado por Sr Mané do Fole, confecciona os bonecos e dá vida aos bonecos tocando seu fole. O filho dele é “Nozinho” interpretado por Emanuel Bonequeiro.  O filho, manipula e brinca com os bonecos criados pelo pai.

A harmonia na família é quebrada por uma tragédia trazida a tona por Cadu, interpretado por Alexandre Muniz. Mas, é imprescindível manter a esperança de que a vida está sempre presente e precisa ser sentida, mesmo que na profunda tristeza.

Gravado no Sitio Oiticica, em Caicó, o filme traz a paisagem do sertão e sua diversidade como cenários desta história de cumplicidade e respeito mútuo.

No roteiro e direção está Lourival Andrade. O elenco conta com Mané do Fole, Emanuel Bonequeiro e Alexandre Muniz. A Produção é da Trapiá Filmes, e a direção, produção de arte e figurino é de Custódio Jacinto.

A montagem é de Fernando Leão, colorização de André Duarte, direção de fotografia, e câmera, com Fernando Leão e Zezinho Vídeo.  Na trilha sonora estão Forró do Calanguinho (Mané do Fole), Macera (Cultura popular – domínio público), e Concerto para Cello Opus 104 – I mov – de Antonín Dvoråk (Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte)

O som direto é com Pedro Andrade e edição de som com Fernando Leão. Efeitos especiais são com Bruno César, assistente de câmera é Raiana Neysa e a identidade visual e designer gráfico Dillo Tenório.

A produção executiva é de Tatiane Fernandes e produção do set, Alexandre Muniz. Na Logística está Irani Muniz e em making of, estão Bruno César e Raiana Neysa.

O Projeto é realizado através da Lei Aldir Blanc, Fundação José Augusto, Governo do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.