Governo anuncia distribuição de 1,1 mi de doses da Pfizer a partir desta segunda-feira

O governo federal começa nesta segunda-feira (10) a distribuir 1,12 milhão de doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19, informou o Ministério da Saúde. As doses devem ser aplicadas em pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas e pessoas com deficiências permanentes.

Segundo a pasta, as doses serão distribuídas entre os 26 estados da federação e o Distrito Federal de forma “proporcional e igualitária”.

A distribuição da doses exige dos governos e dos estados uma operação logística específica, já que as vacinas da Pfizer precisam ser armazenadas em temperaturas mais baixas do que as da AstraZeneca e a Coronavac, as outras vacinas atualmente em uso no país.

De acordo com o Ministério da Saúde, as doses sairão do centro de distribuição em Guarulhos (SP), onde estão conservadas entre -90ºC e -60ºC, e irão para refrigeradores dos estados, expostas à temperaturas de -20ºC. Nas salas de vacinação, onde as doses ficarão armazenadas entre 2ºC e 8ºC, a aplicação deve acontecer em, no máximo, cinco dias.

Por conta das dificuldades de armazenamento, o governo federal está recomendando aos estados que as doses da Pfizer sejam aplicadas somente nas capitais.

Até o momento, chegaram ao Brasil 1,628 milhão de doses da vacina da Pfizer, de um contrato que prevê a entrega total de 100 milhões de doses até o fim do terceiro trimestre de 2021. Atualmente, o governo está em negociação com a farmacêutica americana para a compra de mais 100 milhões de doses.

Fonte CNN Brasil