Concurso Jovens Solistas tem inscrições abertas no RN

Concurso Jovens Solistas Aldo Parisot – Etapa Estadual está com inscrições abertas. O Projeto faz parte do Movimento Sinfônico da OSRN e oferece premiações em dinheiro

Com o intuito de estimular o estudo e aprimorar a formação musical de diversos instrumentistas brasileiros, visando oportunizar, encontrar e destacar jovens solistas nascidos no RN, a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, através do Movimento Sinfônico 2021, promove o Concurso Jovens Solistas Aldo Parisot – Etapa Estadual. As inscrições já estão disponíveis no site (www.osrn.com.br/concursojovenssolistas) e seguem até 20 de junho.

O concurso acontece em duas etapas: Etapa Estadual (RN) e Etapa Nacional. Realizado integralmente de maneira virtual, a etapa seletiva conta com especialistas, votação popular nas etapas finais e premiação em dinheiro para os vencedores.
A diretora de produção da OSRN, Tatiane Fernandes, comenta que o concurso em meio virtual consegue abranger mais jovens.

“O Concurso, nesse formato, nos apresentou a quebra de diversas barreiras de exclusão causadas pela demanda de logística com transporte, hospedagens e alimentação, que apenas alguns poucos jovens musicistas conseguem solucionar para participar de concursos presenciais. Embora o meio virtual não consiga atender todos os jovens talentosos instrumentistas, é bem significante e menos excludente do que o presencial”.

Com essa ação, a Orquestra busca o alinhamento do projeto Movimento Sinfônico com a agenda 2030 da ONU, em especial os objetivos do desenvolvimento sustentável. Dentre eles, estimular uma educação de qualidade e reduzir desigualdades, facilitando a ampla participação de jovens músicos das diversas classes sociais, entre outros.

A Etapa Estadual é voltada para instrumentistas (oboé, flauta transversal, fagote, clarinete, saxofone, trompete, trompa, trombone, eufônio, tuba, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, percussão – voltada para as práticas sinfônicas) entre 12 a 28 anos e solistas de violão e piano, nascidos no RN, podendo residir em qualquer cidade do mundo.

Os candidatos deverão apresentar interpretação de apenas uma obra que poderá ser: concerto; movimento de concerto; peça concertante, peça solo ou peça para solistas e orquestra. O vídeo deve ser gravado especialmente para o concurso.
Após o término das inscrições, a Comissão Avaliadora, formada pelo maestro e diretor artístico, Linus Lerner, e pelos chefes de naipe da OSRN, presidida pelo violoncelista e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, Fábio Presgrave, farão a avaliação dos inscritos habilitados.

A relação dos finalistas dessa etapa será divulgada dia 25 de junho no site da OSRN, sendo a final no dia 30 de junho durante o programa Quartas Clássicas, às 20h, no canal oficial da Orquestra, no YouTube. Os finalistas terão seus vídeos exibidos no canal para apreciação e votação popular a partir do dia 26 de junho, das 9h até o final da exibição do material na programação ao vivo, que também fará a divulgação do resultado durante o programa.

O vencedor pelo Voto Popular, recebe certificado e R$ 500 reais, e o do Júri Oficial, recebe certificado e R$ 1 mil reais de prêmio, repassados dentro do sistema de pagamentos autorizados pela Lei de Incentivo à Cultura Djalma Maranhão. Confira regulamento completo e inscrições para etapa estadual na página www.osrn.com.br

Os vencedores da etapa estadual estarão automaticamente classificados para a final da etapa nacional. Já as inscrições para a Etapa Nacional, que tem premiações de até R$ 3 mil reais, começam no dia 20 de junho e seguem até 18 de julho de 2021.

O projeto Movimento Sinfônico, da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN é realizado através das Leis de Incentivo à Cultura, Câmara Cascudo do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, com patrocínio da Companhia Energética do Rio Grande do Norte – Cosern e Instituto Neoenergia; da Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão, com patrocínio da UNIMED Natal e Hospital do Coração. Produção da LL Lerner e da MAPA Realizações Culturais.

O Homenageado – Aldo Parisot
Violoncelista, músico e compositor, Aldo Parisot foi considerado um dos professores de violoncelo mais importantes do mundo. Nascido em Natal-RN e naturalizado nos Estados Unidos, onde ensinou por 60 anos na Universidade de Yale, Parisot morreu em dezembro de 2018, aos 100 anos de idade, sendo considerado um dos grandes músicos do século 20.

Junto com o seu irmão, Italo Babini, aprenderam violoncelo com o padrasto Tomazzo Babini. Realizou seu primeiro recital aos 6 anos de idade e aos 12, já no Rio de Janeiro, solou com a Orquestra Sinfônica Brasileira. Foi assistente de Villa-Lobos e dirigiu algumas das maiores orquestras do mundo. Seu talento chamou a atenção de Carleton Sprague Smith, attaché da Embaixada norte-americana, que lhe conseguiu bolsa em Yale.

Respeitado e conhecido em todo o mundo, Parisot nunca deixou de divulgar a música brasileira.

Foto Orquestra Sinfônica UFRN