Com reforma da Previdência em jogo, Bolsonaro bate boca com Rodrigo Maia

Em mais um capítulo na escalada de atritos que têm como pano de fundo a articulação pela reforma da Previdência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou neste sábado (23) que há uma distorção na fala do presidente Jair Bolsonaro (PSL) quando ele afirma que o parlamentar está sendo agressivo. 

Para Maia, quem está sendo agressivo é Bolsonaro e seu entorno, principalmente nas redes sociais.


A desavença fez o mercado financeiro levantar dúvidas sobre a viabilidade de aprovação das novas regras previdenciárias, considerada essencial para o equilíbrio das contas públicas. Apesar da troca de farpas, o presidente da Câmara reafirmou que a reforma é a prioridade na Casa.

Fonte: Folha de São Paulo