Bolsonaro sinaliza que vai tirar recursos de investimentos para faculdades de Filosofia e Sociologia

BO presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira (26), que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, “estuda descentralizar investimento em faculdades de filosofia e sociologia (humanas)”.

A afirmação foi feita no perfil do presidente no Twitter. Em uma segunda publicação, ele disse que a ideia por trás do estudo é respeitar o dinheiro do contribuinte.

“A função do governo é respeitar o dinheiro do contribuinte, ensinando para os jovens a leitura, escrita e a fazer conta e depois um ofício que gere renda para a pessoa e bem-estar para a família, que melhore a sociedade em sua volta”, escreveu Jair Bolsonaro em seu Twitter.

As declarações de Bolsonaro foram uma repetição de afirmações feitas pelo ministro na quinta-feira (25), durante uma transmissão no Facebook.

Na ocasião, Abraham Weintraub também citou o Japão, afirmando que o país asiático “está tirando dinheiro público do pagamento de imposto” para as faculdades de filosofia, e que “ele [Japão] coloca em faculdades que geram retornos de fato, enfermagem, veterinária, engenharia, medicina”.