“As testemunhas de santificação são só pra falar bem de Pedro Inácio”, diz advogada da família de Zaira Cruz, Kalina Medeiros

Em conversa mantida com o #blogsuerdamedeiros nesta sexta-feira, 17, a assistente de defesa da família de Zaira Cruz, a estudante assassinada em Caicó no dia 3 de março, a advogada Dra. Kalina Leila Medeiros, confirmou que terça-feira, 21 de maio, a mãe da estudante, Maria Ozanete, irá depor em Currais Novos.  

Dra Kalina explicou que, por causa da pluraridade de testemunhas, foram expedidas até agora seis cartas precatórias para diversas cidades do Rio Grande do Norte e até para o Rio Grande do Sul.

Essas audiências acontecerão no Rio Grande do Sul e aqui no Rio Grande do Norte, nas cidades de:  Pau dos Ferros, Natal , Macaiba, Parelhas, Currais Novos, além de Caicó. 

“É uma atitude protelatória. A defesa do acusado juntou uma testemunha até do Grande do Sul, que talvez tenha visto o acusado ainda criança”, afirmou a advogada Dra Kalina.  

Para a advogada, a defesa de Pedro Inácio está reunindo pessoas “só pra falar bem de Pedro, como se isso fosse importante para o processo. Queremos o recorte processual, a punição pela monstruosidade que ele cometeu”, afirmou.  

Dra Kalina ainda adiantou que, ao contrário, as testemunhas arroladas são as que sabem unicamente do processo: “são médicos, peritos, bombeiros, policiais, pessoas que estiveram com Zaira”, afirmou.  

“Vamos percorrer essa via crucis nessas cidades, mas no final vamos vencer essa batalha. A justiça e o Direito estão ao nosso lado”, finalizou Dra Kalina.