A noite desta terça foi de panelaço no Brasil

Cidades de todo o Brasil registraram panelaços como forma de protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite desta terça-feira (23).

O motivo da manifestação é a falta de medidas do governo federal para combater a Covid-19. Nesta terça, o Brasil superou pela primeira vez a marca de 3.000 mortes em 24 horas por Covid-19.

Bolsonaro fez pronunciamento no rádio e na TV no qual relacionou ações de governo para aquisição de vacinas e disse que estão “garantidas” 500 milhões de doses até o fim do ano.

Mais cedo, o Ministério da Saúde reduziu a previsão de vacinas contra a Covid-19 que serão entregues pelos fabricantes no próximo mês.

Além de bater as panelas nas janelas, os manifestantes também gritaram palavras de ordem como “Fora, Bolsonaro!” e chamaram o presidente de “genocida”.

Assim que o anúncio do pronunciamento foi feito, durante a tarde, redes sociais e aplicativos de mensagens se movimentaram para organizar o ato, que teve participação de movimentos sociais, políticos e personalidades.

Foram ouvidos panelaços em bairros de São Paulo, Rio, Niterói, Belo Horizonte, Curitiba, Maringá, Distrito Federal, Goiânia, Florianópolis, João Pessoa, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Natal, Salvador e Vitória.

Fonte G1

Foto Gui Prímola