80 por cento de quem teve Covid apresenta disfunções como perda de memória e dificuldade de concentração após a doença

Um estudo realizado pelo Instituto do Coração (InCor) apontou que oito em cada dez pacientes apresentam disfunções cognitivas pós-covid.

 

De acordo com a pesquisa, 80% dos participantes manifestaram perda de memória, dificuldade de concentração, problemas de compreensão ou confusão em algum nível. Essas funções podem ser recuperadas com diagnóstico precoce.

 

Para o estudo, que atualmente analisa 430 pessoas e ainda aceita voluntários, foi usada uma ferramenta chamada MentalPlus, um game criado para avaliar as disfunções neurológicas em pacientes com sequelas de anestesia geral profunda, principalmente idosos. Além de apresentar os danos causados pela doença, o aplicativo também funciona no tratamento dos pacientes.

 

FONTE: ESTADÃO