Vereador de Caicó apresenta projeto de lei que proíbe o plantio de Nim indiano

O Vereador Andinho Duarte apresentou nesta segunda-feira (10), um projeto de lei que proíbe o plantio da árvore Nim indiano na cidade de Caicó para os fins de arborização e reflorestamento.

Com a referida lei o município fica autorizado a realizar campanhas educativas que visem a substituição da árvore Nim por árvores nativas da região e a não distribuição no horto Municipal. A referida lei está autorizando apenas a proibição do plantio do Nim, não se aplicando de forma imediata a remoção das já existentes.

No último artigo da lei, o município terá o prazo de 16 anos para substituição das árvores existentes pelas nativas do bioma caatinga.

Em sua justificativa, Andinho Duarte mostrou sua preocupação com o avanço do nim em Caicó é na região do Seridó, podendo dizimar as árvores nativas da região.

“Em estudos realizado pelo curso de geografia do CERES, demonstram que 75% das árvores de Caicó são da espécie Nim. A planta exótica invasiva tem apontado malefícios provocando prejuízos as espécies vegetais, animal e ao solo, já que a mesma empobrece o solo na busca dos microorganismos da terra. O Nim é repelente natural de proporções desastrosas para fauna e flora, tem poder extraordinário de reprodução que já está sem controle, é árvore invasora e é abortivo natural, ” disse Andinho.

É importante salientar que com a grande capacidade de crescimento da sua copa, às árvores nim são podadas com frequência, causando um grande aumento de podas em vias públicas e enorme demanda para a podação e recolhida dos galhos pelos serviços do município.

Fonte divulgação