Terremoto de 7.3 na escala Richter atingiu o Japão neste sábado, feriu 20 e deixou 950 mil casas sem energia

Um forte terremoto que atingiu a costa leste do Japão neste sábado (13) deixou dezenas de feridos e gerou uma falta de energia generalizada. O tremor de magnitude 7,3 na Escala Richter*, porém, não causou grandes danos nem motivou alertas de tsnunami.

O epicentro foi no mar, na região de Fukushima, a uma profundidade de 60 km, de acordo com a Agência Meteorológica do Japão. Em terra, os prédios tremeram durante algum tempo depois que ocorreu o terremoto, às 23h08 no horário local (11h08 em Brasília). Os efeitos foram sentidos também em Tóquio, a mais de 200 quilômetros de distância.

Ao menos 20 ficaram feridos, segundo relatos da agência de notícias Kyodo. Cerca de 950 mil casas ficaram sem energia, afirmou o porta-voz do governo japonês, Katsunobu Kato. Os blecautes pareciam estar concentrados no nordeste do Japão, incluindo Fukushima e cidades da região

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) 

o blog explica: 

*A Escala Richter foi criada pelo sismólogo Charles F. Richter com o objetivo de medir a magnitude dos terremotos. Essa escala foi desenvolvida para medir a magnitude dos terremotos, que consiste no ato de quantificar a energia liberada no foco do terremoto.