Reino Unido permite retomada de viagens com restrições a vários países. A medida vale a partir de 17 de maio

Após meses de proibição da maioria das viagens ao Exterior, o Reino Unido irá permitir retomada de viagens internacionais a partir de 17 de maio. Porém, quase todos os principais destinos foram deixados de fora da lista de países livres da quarentena de retorno.

Apenas 12 países e territórios entraram na chamada “lista verde”, incluindo Portugal, Israel, Nova Zelândia, Austrália e as Ilhas Faroe.

Os quatro principais destinos dos britânicos – Espanha, França, Itália e Estados Unidos – estão entre os que ficaram de fora, irritando companhias aéreas e empresas de viagens que lutam pela sobrevivência. Esses quatro se enquadram na categoria em que é exigido o auto isolamento para aqueles que retornam ao Reino Unido.

A Turquia, outro grande destino de férias, foi adicionada à lista vermelha. Isso exige que os viajantes passem 10 dias em quarentena gerenciada em um hotel no retorno, pago por eles mesmos.

Embora a proibição de todas as viagens internacionais não essenciais esteja suspensa pela primeira vez desde janeiro, o governo disse que as pessoas ainda devem evitar viajar a lazer para países de fora da lista verde.

“O dia de hoje marca o primeiro passo em nosso retorno cauteloso às viagens internacionais, com medidas concebidas acima de tudo para proteger a saúde pública e garantir que não desperdicemos os ganhos que todos lutamos para conquistar este ano”, disse o ministro dos Transportes, Grant Shapps.

Fonte Agência Brasil