Projeto Arcaicó Modo de Amar aborda hoje, o patrimônio e a cultura de Caicó, no percurso do bloco

De 23 de janeiro a 14 de fevereiro, pessoas interessadas em patrimônio histórico e em especial, sobre o patrimônio caicoense, conversam virtualmente através do projeto Arcaicó Modo de Amar, idealizado pela arquiteta e mestra em arquitetura, Lívia Nobre, com apoio da Fundação José Augusto através da Lei Aldir Blanc.

O objetivo é debater sobre patrimônio de Caicó, entendendo o vínculo entre amar a cidade e sua história, e como amar, como intervir e cuidar deste patrimônio. Neste domingo, 14, a última conversa tem o tema “No Percurso da Cultura”, às 16h, que irá abordar o percurso dos blocos no carnaval de Caicó, com todas as belezas que constroem o cenário do carnaval de Caicó, como os bonecos, as comidas, os casarios e a própria festa.

Para participar, se faz inscrição gratuita no www.sympla.com/arcaico. O link de acesso é enviado para o participante por email, que participa do encontro pela plataforma Google Meets.

Nos encontros virtuais, já foi discutido o tema “Um olhar para a cidade”, aguçando o olhar sobre o belo que existe no cotidiano e muitas vezes não é percebido. Durante a conversa foram apresentados alguns pontos da cidade e houve o compartilhamento de desenhos, do que marcou o olhar de cada um. Neste encontro marcou presença o coletivo de desenhadores urbanos, Urban Sketchers Natal.

No segundo encontro, o tema “Como intervir?” foi voltado para os arquitetos, engenheiros e aqueles que tem interesse na área. A arquiteta Lívia Nobre levou a proposta de um intercâmbio de conhecimentos, entre os profissionais e demais participantes, sobre a prática de uma arquitetura que respeite a identidade caicoense. O encontro contou com uma convidada especial, Nattalia Bom Conselho, arquiteta e urbanista, que atua em Minas Gerais.

No dia 06 de fevereiro, o “Modo de Amar”, abriu discussão sobre o amor, o orgulho de ser caicoense, o afeto do povo pela terra, e de que forma é vivenciado esse amor, como o povo se relaciona com a história da cidade e como é reconhecida e valorizada a cultura local. A convidada especial deste encontro foi a artista e produtora cultural Hyllka Lucena.

Lívia Nobre é caicoense, arquiteta e urbanista, mestre em arquitetura e urbanismo com ênfase em patrimônio cultural caicoense. Ela também é integrante da página @patrimonas, no instagram, com foco em Patrimônio. A série proposta pelo Projeto Arcaicó Modo de Amar, é formada por quatro encontros, e encerra neste domingo, 14.