Ver as últimas postagens

Morre de câncer a radialista e apresentadora de TV caicoense Sandra Sibele

Após lutar cerca de cinco anos contra um câncer, que começou no pulmão e terminou no cérebro, a radialista Sandra Sibele, caicoense e radicada na cidade paraibana de Patos há 25 anos, sucumbiu à doença e faleceu nesta madrugada de quarta-feira, 22.

Sandra estava internada há vinte dias no Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa, onde, após complicações foi para a UTI onde ficou até agora.

A noticia foi postada ainda na madrugada pela filha de Sandra, a também jornalista Andrezza Carla.

Após trabalhar na 95 FM de Caicó, Sandra Sibele foi para a Itatiunga FM de Patos e lá fez sua carreira, casou e teve três filhos. Estava no auge de sua vida produtiva, aos 45 anos atuava na área publicitária, era promotora de eventos e empresária do ramo de bem estar com um SPA que funciona no Guedes Shopping em Patos.

Em 2012, Sandra descobriu que tinha um câncer no pulmão: “logo eu, que nunca fumei”, afirmou na época.

Tratou-se cinco anos e reagiu bem às sessões de quimioterapia. No final de 2016 descobriu que uma metástase estava se espalhando no seu cérebro e a partir disso seu estado de saúde se agravou tendo, em poucos dias, a doença se alastrado por todo o seu corpo.

Seus últimos dias no hospital foram ao lado de suas duas filhas, Andreza e Dandara, e do seu filho mais novo, que tem 10 anos.

O sepultamento será nesta tarde de quarta-feira, às 17 horas em Patos, cidade que Sandra Sibele foi tão bem acolhida e viveu a maior parte de sua vida.

#

Eu, Suerda, trabalhei com Sandra Sibele na 95 FM de Caicó. Fui a primeira locutora mulher da cidade e ela a segunda. Era cinco anos mais nova que eu. Tinhamos um carinho muito especial uma pela outra. Nos tempos idos nos tratávamos de forma bem humorada pelos apelidos de “Bobôla” ( eu dizia que o nome dela era Cebola ) e ela me chamava de Adelaide, a Anã Paraguaia ( alusão a uma música da uma banda dos anos 80 chamada Inimigos do Rei ).

Guardar-te-ei aqui em meu coração amiga querida.

Vá, siga na luz…chegará ao seu destino espiritual.