Ministro da Saúde diz que irá unificar procedimentos usados no atendimento de pacientes hospitalizados por Covid-19

O novo ministro da Saúde, o médico Marcelo Queiroga, afirmou nesta quarta-feira (17) que irá unificar os procedimentos médicos usados no atendimento de pacientes hospitalizados por Covid-19 em todo o país.

“Vamos trabalhar para conseguir homogeneizar a conduta assistencial no país como um todo”, disse Queiroga durante evento no Rio de Janeiro ao lado de Eduardo Pazuello.

O contrário dos Estados Unidos e da União Europeia e mesmo após um ano de pandemia, o Brasil ainda não tem um protocolo nacional detalhado que unifique os procedimentos não medicamentosos a serem realizados em pacientes da Covid-19.

Marcelo Queiroga, no entanto, apontou a falta de conhecimento sobre a Covid-19 como uma justificativa para a demora na elaboração de um protocolo unificado pelo Ministério da Saúde. “Estamos diante de uma doença nova. Quando começou esses casos, nós não tínhamos esse conhecimento”, justificou o novo ministro.

Apesar disso, defendeu que o atendimento correto pode salvar vidas. “É preciso garantir um atendimento mais pronto ao paciente, mais rápido, para evitar que a doença progrida”, disse Queiroga.

O site do Ministério da Saúde, há apenas notas técnicas sobre o manejo clínico e tratamento dos casos, com informações gerais sobre testagem, diagnóstico da doença e as formas de se notificar os casos e as mortes por síndrome respiratória.

Fonte G1