Médico diz que burocracia coloca em risco a vida de uma menina de 7 anos de idade em Natal

O médico potiguar Madson Vidal fez um desabafo em sua rede social no último domingo (31) ao relatar a dificuldade para conseguir marcar um transplante de coração com urgência para uma paciente de 7 anos de idade, que está internada e sobrevive com ajuda de aparelhos no Hospital Rio Grande, na Zona Leste de Natal.

O relato do médico, que ganhou repercussão nas redes sociais do estado, clamava por um decisão rápida para Brunna Silveira Lopes pudesse receber o novo órgão. “Não se deveria fazer contas ou haver ‘burocracias’ para tentar salvar uma vida”, exclamou na publicação.