Lutador potiguar, casado com uma seridoense, estréia hoje no UFC nos Estados Unidos contra um ex-campeão de pesos pesados

O lutador natalense, Phillipe Lins, conhecido como ‘Monstro’, vai daqui a pouco, às 22 horas, horário de Brasília ( 19 horas lá nos Estados Unidos ), enfrentar um de seus maiores desafios.

Após retomar suas atividades no último sábado (9) com duelos de altíssimo nível no UFC 249, o Ultimate realiza nova edição nesta quarta-feira (13), em Jacksonville, na Flórida (EUA), com o UFC Fight Night 171 e não terá presença de público na arena, por conta da pandemia global do coronavírus e das medidas de prevenção adotadas pelas autoridades americanas.

O card também vai marcar a estreia de um novo brasileiro na organização. O potiguar Philipe Lins tem 34 anos e vem de quatro vitórias seguidas – três por nocaute e uma por finalização. Sua primeira luta no UFC vai ser contra um dos maiores nomes da divisão peso-pesaido na história, o bielorusso Andrei Arlovski. 

Andrei Phillipe Lins tem uma grande torcida aqui no Rio Grande do Norte. Sua esposa, Geisa Maia Lins, com quem tem uma filhinha de 7 anos, é filha de Galbê e Josidete Maia, e é de Jardim de Piranhas, aqui na região do Seridó.

Philipe “Monstro” foi campeão da categoria Professional Fighters League (PFL), em 2018, e ganhou o cinturão além de um prêmio de US$ 1 milhão como prêmio pela conquista.

Quem quiser assistir a luta, é disponível no Canal Combate.