IMD recebe visita do embaixador de Israel no Brasil

O Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN) recebeu nesta quarta-feira (5) a visita do embaixador de Israel no Brasil, Shmulik Arie Bass.

Ele foi recepcionado por uma equipe de dirigentes do IMD, que apresentou vários aspectos da atuação da unidade, desde as suas atividades de formação acadêmica, passando pelo incentivo e apoio ao empreendedorismo, até as possibilidades de parceria para projetos de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I).

O diretor do Parque Tecnológico Metrópole Digital, Rodrigo Romão, discorreu na ocasião sobre a missão do IMD em fomentar o desenvolvimento de um polo de Tecnologia da Informação (TI) no Estado.

Ele ainda comentou sobre o caráter multidisciplinar das atividades desenvolvidas, os diversos cursos de formação – passando do Técnico em TI, o Bacharelado e especializações até o doutorado em Biotecnologia – e ressaltou a centralidade do papel da incubadora Inova Metrópole e do próprio Parque Tecnológico.

O diretor de projetos do Instituto, professor Jair Leite, falou por sua vez da vocação do IMD no que diz respeito ao estabelecimento de projetos de PD&I e citou algumas das experiências de sucesso nessa área.

O embaixador Shmulik Arie Bass ainda teve a oportunidade de conhecer as dependências do supercomputador do IMD, ocasião em que teve os detalhes de funcionamento do equipamento apresentados pelo diretor de TI do Instituto, professor Itamir Barroca Filho. Ele também realizou uma visita ao pavimento do prédio do Instituto dedicado às empresas de tecnologia pré-incubadas e incubadas pela Inova Metrópole, ocasião em que foi ciceroneado pela gerente executiva da incubadora, professora Iris Pimenta.

O embaixador teceu elogios ao IMD e se disse impressionado com o andamento da construção do ecossistema local de empreendedorismo e inovação tecnológica.

Comentando sobre o encontro, Rodrigo  Romão afirmou que “encaramos a oportunidade como resultado de todo esforço empreendido pelo Instituto em prol do ecossistema local, bem como reforça a importância das nossas ações de internacionalização. Enxergamos muitos pontos de convergência com aquilo que Israel tem feito na área de TI, portanto, visitas como essa nos permitem pleitear parcerias e cooperações com as instituições israelenses em diversos pontos de interesse, como Cibersegurança, Inteligência Artificial e Indústria 4.0”.