Idosa que estava em UPA de Natal, foi transferida para Caicó, em avião

Uma paciente com Covid-19 foi transferida da Grande Natal de avião para o Hospital Regional Telecila Freitas Fontes, em Caicó, que é referência em atendimento Covid-19 na Região Seridó. A unidade dispõe de 30 leitos críticos de UTI para Covid-19 e mais 18 leitos clínicos.

Na segunda-feira, 22, a secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) realizou a transferência de outros dois pacientes da região da Grande Natal para Mossoró, também de avião. Na madrugada de domingo, 21, a cidade da Região Oeste já havia recebido outro paciente que chegou da Região Metropolitana de Natal de ambulância.

As transferências estão acontecendo pela lotação dos leitos críticos na Grande Natal, que na tarde desta terça-feira estava com 91% de ocupação, segundo o Regula RN, plataforma que monitora as internações no Estado. A região Seridó tem 85%.

Inicialmente, seriam dois pacientes transferidos, mas só um teve condições de viajar. Trata-se de uma idosa de 78 anos, que estava na UPA de Cidade Satélite. Ela fez uso de oxigênio e tem situação estável, segundo a Sesap.

O homem de 35 anos, que é obeso, pesando cerca de 195 quilos, não teve autorização para a transferência pelo risco e também pela logística envolvida. Internado na UPA Nova Esperança, em Parnamirim, ele está com tosse seca e dispneia há uma semana e faz uso da máscara de Hudson a 15 litros por minuto, sentado ao leito. Ele está consciente.

Fonte G1

Foto Geraldo Jerônimo/InterTV Cabugi

A UPA Nova Esperança, inclusive, suspendeu a entrada de pacientes na manhã desta terça-feira (23) por estar com ocupação máxima.

A logística para a transferência contou com o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).