Ver as últimas postagens

Governo Federal começa a testar em Brasília uma espécie de ‘Uber’ para servidores públicos

O governo federal lançou nesta segunda-feira, 13, ainda em fase de testes, um novo aplicativo só para alguns de seus funcionários em Brasília. Trata-se do TáxiGov, um app de transportes semelhante ao Uber que ministros e outros servidores poderão usar para se locomover pelo Distrito Federal.

Por enquanto, apenas servidores da Secretaria de Gestão (Seges) do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) podem usar o TáxiGov, que foi desenvolvido para Android, iOS e Windows Phone. Com ele, os funcionários podem pedir táxis que serão pagos pelo governo em viagens a trabalho.

Segundo o Planalto, pagar táxis para os servidores representará uma economia de 60% nos gastos com transporte dos funcionários públicos. Esse transporte hoje é feito com uma frota de motoristas particulares contratados, que presenta um gasto anual de R$ 32 milhões.

O aplicativo conta com diversos recursos de outros apps como Uber e 99, incluindo agendamento de corridas e sistema de avaliação de motoristas. Após a viagem, o servidor receberá o comprovante por e-mail, o qual poderá ser usado para pedir reembolso do governo federal. É possível pedir um carro pelo TáxiGov através do celular, PC ou até pelo telefone fixo.

O governo espera que todos os órgãos da Administração Pública Federal localizados no Distrito Federal comecem a utilizar o novo serviço até o início de 2018. A expectativa é de que a mudança economize R$ 20 milhões por ano dos cofres públicos.