Diretora do Ceres/UFRN em Caicó coleta lixo nas praias no litoral do RN e registra inércia de autoridades

A professora, Doutora Sandra Kelly de Araújo, diretora  do Centro Regional de Ensino Superior do Seridó, CERES-UFRN, em Caicó, resolveu agir em relação ao lixo que ‘apareceu’ nas prais do litoral do Rio Grande do Norte.

Sandra escreveu em seu perfil do Facebook:”sobre o lixo nas praias do litoral sul do RN que surgiu nos últimos dias: em apenas duas horas, coletamos 14 sacos de lixo em 200m da praia de
Búzios! Não havia nenhuma autoridade ou instituição presente na praia coletando lixo e investigando sua origem, apenas o trabalho perseverante e silencioso de pessoas comuns”, afirmou.
Uma grande quantidade de lixo foi  encontrada nas praias do litoral sul do Rio Grande do Norte desde quarta-feira (21).
Há registro de lixo em praias de Baía Formosa, Canguaretama, Tibau do Sul e Nísia Floresta.

Em Baía Formosa, foram encontrados seringas, tubos para coleta de sangue, documentos, restos de roupas e sapatos.

Em Tibau do Sul, um relatório técnico apontou que entre o lixo estavam fragmentos de madeiras, garrafas pets, recipientes plásticos, isopor, sacos plásticos, máscaras descartáveis e seringas.

Em Nísia Floresta, foram encontrados plásticos, restos de embalagens, sapatos, garrafas e também um tubo de coleta de sangue.

De onde vem esse lixo, ainda não foi divulgado.

Segundo relatos de moradores de Tibau do Sul, alguns objetos encontrados no lixo, como uma mochila escolar de Recife e um título de eleitor da mesma cidade, indicam que poderia ter vindo de Pernambuco.

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco informou em nota “que está em contato com o órgão ambiental do Rio Grande Norte e vai unir forças para identificar a causa do aparecimento de resíduos no litoral” do estado.    

FOTOS: DO INSTAGRAM DE SANDRA KELLY

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO G1