Com fiscalização reforçada, Pipa evita aglomerações no feriado da Semana Santa

A praia mais badalada do Rio Grande do Norte está bem diferente de um feriadão de Semana Santa de anos anteriores. Em plena noite de Sexta-feira Santa, Pipa tinha ruas vazias, lojas fechadas e restaurantes sem clientes.

Por causa das restrições impostas pelo decreto governamental para evitar o avanço da pandemia da Covid-19, até domingo (4), é permitido o funcionamento apenas de serviços essenciais no Estado, e Pipa recebeu bem menos visitantes neste feriadão.

Nos hotéis e pousadas, a ocupação é de apenas 20%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN).

A prefeitura de Tibau do Sul montou barreiras educativas para orientar quem chega à praia de Pipa sobre o uso de máscara e o respeito ao distanciamento social.

A fiscalização foi reforçada pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, que colocou uma equipe com 25 homens para garantir que não haverá aglomerações nas principais ruas de Pipa entre a quinta-feira (1º) e o domingo (4).

A prefeitura também contratou seguranças particulares.

Fonte G1 RN